cover

Conheça o gestor que cuidava de fortunas - e agora pode gerir seu dinheiro

Posted by George Wachsmann on 1/mar/2019 14:05:28

Oi  
Meu nome é George Wachsmann, e sou o gestor da Vitreo. Muitos me chamam de Jojo.


Há 25 anos trabalho cuidando do dinheiro dos clientes. 
Resolvi escrever aqui hoje para contar um pouco da minha história...

O ano era 1994. Estava no 3º ano da faculdade de Economia. Consegui um estágio em um dos maiores bancos - confesso, eu não sabia nada sobre o mercado financeiro e caí na área que cuidava dos recursos de terceiros, enquanto um outro grupo cuidava dos recursos do próprio banco na tesouraria.

Nunca mais mudei de lado.

Aprendi sobre o mercado, sobre as diferentes alternativas de investimento, sobre sonhar com os resultados e perder o sono com os riscos. Mais do que isso, aprendi a conhecer a fundo os clientes e compreendê-los. A entender seus desejos, medos e limites.

Aprendi que precisava falar de um jeito que eles me entendessem para, assim, criar uma relação de confiança com eles.

No começo, fiz isso dentro do banco. Montei uma das primeiras áreas de investimento com carta branca para ir além dos produtos do próprio banco e investir nas melhores oportunidades do mercado.

Mas queria ir além. Os interesses do cliente, em primeiro lugar. Eu precisava de mais independência. Montei minha própria gestora de patrimônio, a Bawm Investments. Queria empreender para criar um modelo de negócios em que eu realmente acreditasse.

O negócio cresceu e fomos comprados pela maior gestora de patrimônio independente do Brasil, a GPS Investimentos. O DNA era o mesmo, cuidar do dinheiro dos clientes de forma transparente. Com uma estrutura e equipes maiores, segui fazendo o que eu mais sei fazer.

Sempre atendi clientes com absoluta devoção. Eram clientes com alto patrimônio. E os outros clientes? E os meus amigos? E o dinheiro das pessoas que trabalhavam comigo? Busquei por vários caminhos uma forma de “democratizar” o acesso ao meu trabalho. Não queria mais dizer não para quem procurava minha ajuda. Mas, para isso, precisava da escala que só a tecnologia poderia dar.

Queria construir uma fintech. Tinha o “fin”, mas o “tech” ainda não estava disponível.

Agora, isso mudou. A tecnologia chegou. E junto com um time empreendedor e apaixonado por esse mesmo objetivo, estamos tirando esse sonho do papel.

Eu, que sempre cuidei de fortunas, agora tenho orgulho de dizer que posso cuidar também do patrimônio de mais pessoas.

Quer ter seu patrimônio cuidado por mim? 

Invista no FoF SuperPrevidência.

Um abraço,

Jojo

Topics: "previdência privada", "planos de previdência", "fundos de investimento"